Geral Pará

Santa Casa e projeto 'Bombeiros da Vida' fazem entrega de roupas e fraldas para bebês

Banco de Leite solicita doações de excedentes de leite às mulheres que estão amamentando

21/12/2021 às 17h10
Por: Pará1 Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Foto: Ascom / FSCMP
Entregues por uma doadora anônima, as roupinhas e fraldas para os recém nascidos foram organizadas em kits pelas voluntárias do projeto Bombeiros da Vida e entregues às mães internadas no Unidade de Cuidados Intermediários Cangurú, do setor de neonatologia da Santa Casa.

A subtenente do Corpo de Bombeiros, Rubenita Souza, coordena a equipe de 12 integrantes do projeto (6 militares e 6 voluntários civis). Ela considera o gesto da doadora mais um ato de solidariedade, que se soma aos de centenas de outras mulheres que este ano doaram seu excedente de leite ao banco de leite humano da Santa Casa (BLH).

Foto: Ascom / FSCMP
“Todos os anos nós recebemos as fraldas e roupas entregues por essa doadora anônima, nesse gesto de carinho, e esse é um momento de agradecermos a ela e a tantas outras mulheres que doam o próprio leite para o banco, ou seja, doam vida para os recém nascidos”, afirma a coordenadora do projeto.

Lorena Vilhena de 31 anos foi uma das mães que receberam o kit. Surpreendida pelo nascimento prematuro do filho, ela ficou muito grata com os presentes e fez questão de agradecer por um presente ainda maior, o leite humano que seu bebê recebeu de mães doadoras, quando ela ainda não podia dar de mamar para ele.

Foto: Ascom / FSCMP
“Esse trabalho que o banco de leite e os bombeiros fazem é muito importante. Eu precisei ficar internada e não podia amamentar meu filho. Então foi o banco de leite que amamentou o meu bebê e foi isso que fez com que a saúde dele melhorasse e hoje ele pudesse estar aqui no cangurú comigo e eu posso alimentá-lo”, falou a mãe.

Para a nutricionista Vanda Marvão, que integra a coordenação do BLH, a parceria dos Bombeiros da Vida é essencial para o sucesso da captação de leite pelo Banco de Leite. “Os voluntários e militares do projeto atuam desde o cadastro, a sensibilização das mães doadoras, até a coleta do leite nas residências. E esse ato que eles fizeram agora, com a entrega dos kits para os prematuros, representa um pouco desse amor com que eles fazem esse trabalho tão importante para esse público que são as mães e os bebês que recebem o leite do BLH”, afirma Vanda.

Foto: Ascom / FSCMP
Mas para que mais bebês internados continuem recebendo o leite humano, o Banco de Leite precisa aumentar a captação, que costuma cair durante as festas de final de ano.

Atualmente, o Banco conta com 184 doadoras ativas e tem como meta dobrar esse número de doadoras em 2022, aumentando assim a quantidade de leite captado que hoje é de em média de 200 litros de Leite por mês.

Serviço:Para se cadastrar como doadora do Banco de Leite Humano da Santa Casa é preciso ligar para os números:  4009-0375/4009-2212/4009-2311 ou para 988996326 (WhatsApp e telefone), no horário das 8h às 18h.

Texto: Ascom Santa Casa

Por Governo do Pará (SECOM)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio