Geral Pará

Crianças fazem a festa na Ceasa durante entrega de presentes

Nesta quarta-feira (22), no bosque em frente ao prédio da administração das Centrais de Abastecimento do Pará (CEASA-PA), crianças da comunidade ribeirinha residente no entorno da Ceasa receberam presentes e lanches em comemoração ao Natal....

22/12/2021 às 14h35
Por: Pará1 Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Foto: Divulgação
Nesta quarta-feira (22), no bosque em frente ao prédio da administração das Centrais de Abastecimento do Pará (CEASA-PA), crianças da comunidade ribeirinha residente no entorno da Ceasa receberam presentes e lanches em comemoração ao Natal. O momento foi dividido com os pais de cada uma delas.

A dona de casa Daniele Castro da Silva, de 36 anos, destacou o momento. “Nesta época de Natal as crianças sonham com os presentes, e hoje, estamos aqui ganhando brinquedos e confraternizando com nossos amigos da Ceasa, que Deus continue nos abençoando e que a união seja sempre o laço que nos une”, ressaltou.

Franssiane Lima, de 40, servidora, se referiu ao momento como um dia de alegria incalculável. “Viver este dia não tem preço, especialmente, ao ver as crianças com os presentes ganhos, é um momento de se dizer obrigada meu Deus”, exclamou.

Scaff Filho presidente Ceasa, Alexandre Baena Chefe NPP-Ceasa e o Papai Noel Marcelo
Scaff Filho presidente Ceasa, Alexandre Baena Chefe NPP-Ceasa e o Papai Noel Marcelo - (Foto: Divulgação)
O culto ecumênico trouxe a mensagem de fraternidade: Kenia Veloso, líder de célula Refúgio da Igreja Quadrangular falou do dia abençoado. “Natal é o nascimento de Jesus e precisamos entender este dia como algo eterno em nossos corações, não podemos rejeitar o seu nascimento, e o caminho para isso, é viver em Cristo, porque Cristo é vida”, ressaltou.

O diácono, Paulo Roberto, da Paroquia Santíssima Trindade, destacou a importância da união, do amor, da paz e da fraternidade. “Que possamos nos confraternizar como filhos de Deus e irmãos, pois, perante Deus somos todos iguais e que possamos nesta igualdade estarmos sempre juntos unidos em oração pedindo a proteção para o alto para caminharmos no amor e na fraternidade, somos humanos, pecadores, é um momento de conversão, de recebermos o menino Jesus preparando a manjedoura do nosso corpo que é o templo do Espirito Santo, o nosso coração para que o menino Jesus possa reinar todos os dias em nossa vida, pois ele é luz e o caminho da vida”, destacou.

Foto: Divulgação
O presidente das Centrais de Abastecimento do Pará, José Scaff Filho, agradeceu a participação dos servidores e reforçou que o momento está virando uma tradição. "Este é o nosso segundo Natal com a comunidade ribeirinha, a ideia partiu dos servidores e foi abraçada por nossa gestão, estamos sempre buscando humanizar as relações com as pessoas que fazem parte do dia a dia da nossa Ceasa.

Por Bernadete Barroso (CEASA)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio