Domingo, 24 de Outubro de 2021
Geral Pará

SEAC recebe novos servidores para trabalhar nas Usinas da Paz

Na manhã desta quinta-feira (30), 56 novos servidores da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) se apresentaram no auditório da Casa Civil, em Belém. O objetivo do encontro foi receber, por parte da diretoria e...

30/09/2021 às 17h40
Por: Pará1 Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Na manhã desta quinta-feira (30), 56 novos servidores da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) se apresentaram no auditório da Casa Civil, em Belém. O objetivo do encontro foi receber, por parte da diretoria e representantes da Seac, os profissionais que farão parte do time de servidores que trabalharão, em breve, nas Usinas da Paz do Icuí-Guajará, em Ananindeua, e da Cabanagem, em Belém.

“Estamos muito felizes porque se aproxima da entrega de um projeto significativo para o Governo do Estado que são as Usinas da Paz, e esse equipamento público, para funcionar, precisa de uma mão de obra qualificada, de um corpo administrativo e gerenciador. O TerPaz é um programa de transformação social do Governo do Estado que já está implementado há dois anos na Região Metropolitana de Belém; e agora terá o corpo, que são as Usinas da Paz, que vão funcionar a partir da operacionalização desses servidores”, informou o secretário-adjunto da Seac, Raimundo Santos Junior.

Os novos servidores foram contratados, por meio de um Processo Seletivo Seriado (PSS), realizado em julho deste ano pela Seac. “O resultado foi bastante satisfatório, o nível do PSS foi bastante elevado, isso na verdade traz muitos benefícios para nós, porque são pessoas bem preparadas. Foi muito bom, oportunizar à população uma contratação de um órgão público, em um momento tão difícil como esse. A gente deseja que todos eles se tornem transformadores de uma sociedade”, comentou o servidor da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad) e presidente do PSS da Seac, Fabio Larêdo.

Oportunidade

O sentimento é de felicidade para o novo servidor da Seac, Jairo Souza da Silva, de 44 anos, que foi um dos selecionados pelo PSS e irá desempenhar a função de motorista. “Eu estava desempregado e aí apareceu a oportunidade de fazer esse PSS e passei em segundo lugar. Eu sou morador da Cabanagem e sempre passava em frente da Usina da Paz e ficava curioso para saber o que era. Não esperava que teria esse empreendimento no meu próprio bairro e que eu, um dia, iria trabalhar nele, estou muito feliz. Feliz em poder ajudar a minha própria comunidade”, comentou Jairo.

Para a servidora Angélica Almeida, que ficará na coordenação da Usina do Icuí-Guajará, essa oportunidade significa superar desafios. “Estou muito feliz, estou vindo de uma empresa privada e agora indo para um órgão público, para mim será um grande desafio buscar esse contato com a comunidade e fazer o melhor”, disse.

A técnica de gestão e cultura, Lívia Paixão, não vê a hora de começar a trabalhar na Usina da Paz. “As expectativas são as melhores, estou entusiasmada, tenho experiência na área e moro próximo da Usina da Paz, no conjunto Guajará. Esse projeto será muito importante, não só para o meu currículo, mas por saber que a cultura vai poder transformar esses moradores”, comentou.

Funcionamento

Os novos servidores lotados na Usina da Paz do Icuí-Guajará, em Ananindeua, já começam a trabalhar a partir de amanhã (01). O local estará aberto ao público ainda neste mês de outubro. Já a Usina da Paz da Cabanagem, tem precisão de entrega para novembro.

Serviços

As obras das Usinas do Icuí-Guajará e Cabanagem são executadas em parceria com a mineradora Vale, por meio de um termo de cooperação. O Estado não recebe nenhum recurso financeiro. A Usina será entregue ao governo pronta e equipada.

As UsiPaz serão complexos de promoção da cidadania, com espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante, e espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. 

Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

Por Paulo Garcia (SEAC)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes