Domingo, 24 de Outubro de 2021
Economia Pedras preciosas

Curso vai ensinar lapidação de minério de cobre e pedras preciosas

O curso, seguido de concurso, vai homenagear os 27 anos de fundação de Canaã e toda sua riqueza mineral.

05/10/2021 às 18h57
Por: Pará1
Compartilhe:
Junior Reis e João Maia , vão ministrar o curso de lapidação
Junior Reis e João Maia , vão ministrar o curso de lapidação

 

Quem está procurando uma profissão ou mesmo uma segunda formação para ganhar dinheiro, pode fazer o curso de lapidação de minério de cobre e de pedras preciosas que será ofertado na programação da Feira de Negócios de Canaã de Carajás (FENECAN 2021). O curso é inédito. No final da preparação técnica haverá um concurso para eleger as melhores peças de artesanato produzidas pelos alunos. O curso é promovido pela Associação Comercial, Industrial e Agropastoril (Aciacca) com apoio da Prefeitura de Canaã.

O curso, seguido de concurso, vai homenagear os 27 anos de fundação de Canaã e toda sua riqueza mineral. Na lapidação, os instrutores vão utilizar caucoperita (substância extraída do minério de cobre) para produção dos objetos de artesanato e pedras da família do Quartzo (ametistas, cristais e citrinos) para confecção das jóias. A expectativa é que aprendizado prospere entre os alunos, considerando que o mercado de jóias, pedras e minérios, sobretudo o de ferro, existem em abundância na região.

Segundo Junior Reis, instrutor de lapidação e ourives, é a primeira que o curso dessa modalidade é oferecido pela Aciacca. Ele conta que o mercado das jóias quase não enfrenta crise e que ele mesmo já desenhou e confeccionou um anel com cinqüenta diamantes. “A produção tanto de jóias, quanto de artesanato, na verdade, representa a verticalização da cadeia mineral, ou seja, nosso minério sendo transformado aqui mesmo e gerando renda”, destacou o rapaz.

Outros dois instrutores do curso também destacam a importância do minério. Eles defendem até o uso das pedras preciosas em tratamento de saúde, de combate ao estresse e crises de ansiedade. “É verdade que as pedras preciosas têm poder de cura por meio de técnicas e tratamentos alternativos de combate ao estresse”, contou João Maia, empresário do ramo de ouro e jóias.

Parceria – Os instrutores do curso de lapidação também são empresários e ourives com lojas em Canaã e Parauapebas. Segundo João Maia, o grupo também faz parte das ações desenvolvidas pelo Pólo Joalheiro São José Liberto, em Belém. “Para nós, essa oportunidade de estar na programação da Aciacca e dentro da Fenecan é uma honra muito grande por que também vamos ajudar a melhorar o setor econômico”, disse o instrutor Maia.

Sobre o curso, os instrutores disseram que os alunos vão aprender todas as etapas da lapidação dos pequenos pedaços da rocha de minério de cobre e depois moldar a pedra até chegar ao formato desejado de artesanato. O mesmo vai acontecer com as pedras preciosas. “A gente espera que os alunos gostem e nos surpreenda com criatividade e bom gosto”, disse Junior Reis.

O curso vai atender vinte alunos com duração de quinze dias.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes