Pará Lapidação

Concurso de Lapidação revela grande vencedor

O agraciado foi Narom Silva, com a peça “Lembrancinha Fenecan em Calcopirita”

11/11/2021 às 18h00
Por: Pará1
Compartilhe:
Concurso de Lapidação revela grande vencedor

 

 

 

A grande final do Concurso de Lapidação ocorreu nesta terça-feira (09), quando foi anunciado o vencedor da disputa, que foi Narom Silva, com a peça “Lembrancinha Fenecan em Calcopirita”. Ao todo, foram seis concorrentes que, durante dois dias, tiveram seus trabalhos sob votação na página oficial da V Fenecan no Instagram.

O vencedor foi premiado com um contrato no valor de R$ 2.500,00 para executar a produção de 200 peças, que será a lembrança da Fenecan a ser distribuída aos expositores inscritos na Feira de Negócios.

Segundo Narom Silva, a escolha de sua peça foi uma grata surpresa. “Eu entrei com pouca expectativa, tive poucos dias para trabalhar minha peça, então foi uma grande surpresa ganhar o concurso. Vamos assinar o contrato e contar com o apoio dos demais colegas pra executar as 200 peças, pois temos poucos dias pra isso”, revelou.

Na segunda-feira (08), a Fenecan promoveu um bate-papo com Reginaldo Pires, Coordenador de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec), e Emanuel Rodrigues, um dos instrutores do Curso de Lapidação, para conhecer mais sobre a arte de lapidar as pedras semipreciosas e os projetos da gestão municipal para o setor.

Reginaldo Pires define que o projeto inicial era de apenas realizar o curso de lapidação. Mas, a ideia foi amadurecendo e se resolveu promover o concurso logo em seguida.

“Anteriormente, só iríamos fazer o curso de lapidação e depois surgiu a ideia de fazermos o concurso, e a programação acabou nos surpreendendo bastante, ao vermos as pedras como a calcopirita e o cobre, que são abundantes em nosso município, serem lapidadas e virarem joias excepcionais. Então, foi uma surpresa boa. Já para o ano que vem vamos aperfeiçoar esse trabalho”, detalhou.

O coordenador de turismo também informou que a prefeitura municipal pretende expor essa produção. “No ano que vem, a gente pretende construir a Casa do Artesão e nela fazer capacitações e cursos e criar uma um viés econômico para esse pessoal”, anunciou.

Emanuel Rodrigues, um dos instrutores do curso de lapidação, disse que muitos talentos se revelaram durante a capacitação. “Com o treino, a pessoa consegue se aperfeiçoar e chegar num nível de excelência. Não precisa nascer com aquele dom, basta seguir as regras direitinho que poderá se tornar um ótimo lapidário. E esse curso foi uma revelação de talentos”, afirmou.

A live com a final do concurso contou com a presença de todos os participantes, jurados e apresentação das peças concorrentes. Também estavam presentes Fernanda Ferreira, Secretária de Desenvolvimento Econômico; Wender Damaceno, presidente da Aciacca; Sandra dos Santos - Presidente da Cooperativa Mulheres de Barro de Parauapebas e Junior Reis, um dos instrutores do Curso de Lapidação.

Sandra dos Santos, que integrou o corpo de jurados do concurso, ressalta a necessidade de realizar certames como esse para inclusão dos nossos artesãos. “Foi uma iniciativa positiva, pois mexe com o brio dos artistas envolvidos, que estão produzindo e abre um leque de oportunidades para quem precisa e para quem pratica a política pública de inclusão”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio