Geral Pará

Cine TF exibe resultados da Lei Aldir Blanc na próxima segunda-feira (15)

O Sarau: Nós Existimos é uma das ações que integram o Novembro da Consciência Negra da Secult

11/11/2021 às 19h50
Por: Pará1 Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Foto: Divulgação
Na próxima segunda-feira (15), das 16h às 19h30, o Cine Clube TF exibirá três produções audiovisuais, que são resultado de projetos contemplados por editais da Lei Aldir Blanc no Pará, realizados pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult): “O Amor Tem Cheiro de Pimenta e Cominho", com direção de Ismael Machado; o mini documentário “Poame-se: Amor, Liberdade e Poesia Preta”, com direção de Fernando Segtowick e o mini documentário “Cine Dance: O Pulsar do Corpo Preto”, que tem direção de Henrique Lobato. As exibições fazem parte do Sarau: Nós Existimos, que celebra o mês da Consciência Preta do projeto e o Novembro da Consciência Negra da Secult. O Sarau, que também conta com a exibição de outras duas produções audiovisuais, será realizado no Abrigo da Liberdade, no bairro da Terra Firme.

O primeiro filme consiste em um curta documental viabilizado pelo edital Pontos e Pontões de Cultura (Secult), produzido pelo Cine Club TF em parceria com a produtora Floresta Urbana. O audiovisual conta a história de Leidiane Gomes, uma mulher vítima de abusos desde a infância, que permanece em luta por uma vida melhor para ela e sua família, e que encontrou na fabricação caseira de uma especiaria culinária o seu próprio caminho para a superação. A produção reflete as dificuldades enfrentadas por inúmeras mulheres ao redor do mundo, em especial as mulheres da periferia, como as do bairro da Terra Firme.

Foto: Cine Clube TF / Divulgação
“Poame-se: Amor, Liberdade e Poesia Preta” é um documentário viabilizado pelo edital Juventude Ativa (República de Emaús), que conta a história de Natasha Angel, jovem da Terra Firme, em Belém. Desde cedo, a protagonista demonstra dom artístico para a escrita e a poesia. No entanto, enfrentou o silenciamento e a opressão de sua arte na escola, na família e na sociedade. O encontro com a poesia preta mudou sua vida e tornou-se um mecanismo de libertação e superação dos silenciamentos, lhe dando a voz e a vez. Ela cria o grupo "PoAme-se" no Cineclube TF e, por meio do coletivo, consegue romper todas as barreiras e produzir arte, inspirando outras jovens pretas da periferia.

A terceira produção, “Cine Dance: O Pulsar do Corpo Preto”, também foi viabilizado pelo edital Juventude Ativa (República de Emaús). Ele narra histórias de superação de jovens da periferia, cujos corpos pretos são marcados para morrer, mas com a dança podem ser libertos. Sendo as principais vítimas da violência urbana, esses jovens são representados pela história do jovem Kleberson Wylliams (KW), coordenador do GT de dança do Cine Clube TF. KW conheceu o mundo das drogas e do álcool muito cedo, em uma fuga da sua realidade familiar problemática, o que o levou a abandonar a escola. Após descobrir seu talento com a dança de rua, supera os desafios e vence a dependência alcoólica.

Foto: Cine Clube TF / Divulgação
"A Secretaria de Estado de Cultura se orgulha em poder prestigiar e apoiar projetos como o Cine TF, um projeto que há anos que faz uma parceria com a comunidade, uma inclusão social muito forte e leva até os jovens e adolescentes a consciência e a importância da valorização das suas comunidades, da sua cultura, da sua identidade original. Além de orgulhosos, nos colocamos sempre à disposição para continuar apoiando a cultura popular, regional e nas comunidades", destaca Bruno Chagas, Secretário de Cultura em exercício.

Serviço: Nós Existimos
Data: 15/11/21
Horário: 16h às 19h30
Local: Abrigo da Liberdade (Residencial conjunto liberdade, 123. Terra Firme. Tucunduba) 

Texto: Josie Soeiro (Ascom/Secult)

Por Iego Rocha (SECULT)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Anúncio